BAND FM

sábado, 10 de dezembro de 2016

No futuro, mudanças na Previdência serão populares, diz Temer

*Da Redação
Imagens: Beto Barata/PR

Presidente Michel Temer durante assinatura de acordos para execução de obras na Barragem de Jucazinho - Foto : Beto Barata/PR
O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (9) que as mudanças propostas pelo governo para a reforma da Previdência, enviada esta semana ao Congresso, pode ser “impopulares” agora, mas no futuro, serão consideradas “populares”.

“[As mudanças] são impopulares hoje, para serem populares amanhã. Esta é a grande verdade. Alguém tem que ter a coragem de enfrentar o problema seríssimo que o Brasil está atravessando”, disse Temer a jornalistas após participar de cerimônia de inspeção e assinatura de atos na Barragem de Jucazinho, município pernambucano de Surubim.

Perguntado sobre possíveis protestos contra as propostas de mudança na Previdência, Temer considerou “uma coisa boa” e ressaltou ser “indispensável” fazer a reforma. “Podem ser impopulares hoje, mas serão populares amanhã. Não tenho a menor dúvida disso. Elas são, isto sim, indispensáveis e esta indispensabilidade vai se revelando pouco a pouco, especialmente com o apoio do Congresso Nacional e com o apoio que, certa e seguramente, nós teremos de vários setores sociais”.

PEC 287
Enviada ao Congresso na última segunda-feira (5), a proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência prevê, entre outros pontos, uma idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem e tempo mínimo de contribuição de 25 anos. No entanto, para aposentar-se com o benefício integral, o trabalhador precisará contribuir por 49 anos.

As novas regras, se aprovadas, valerão para homens com idade inferior a 50 anos e mulheres com menos de 45 anos. *Agência Brasil
RAPAZ MORRE NO HR DEPOIS DE SER BALEADO E PRESIDENTE PRUDENTE

Vítima, de 21 anos, chegou a ser socorrida, mas não resistiu.
Caso foi registrado na madrugada deste sábado (10).

Do G1 Presidente Prudente
Um rapaz de 21 anos morreu na manhã deste sábado (10), em Presidente Prudente, depois de ter sido vítima de disparo de arma de fogo durante a madrugada. Ele chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Regional (HR), onde deu entrada em estado grave por volta das 5h30, mas não resistiu e a morte foi registrada às 6h30, segundo a unidade de saúde.
De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, os policiais militares foram acionados por volta das 5h30 para o atendimento de uma ocorrência de disparo de arma de fogo nas proximidades de uma casa noturna localizada na Vila Santa Helena.
No entanto, ainda conforme o registro, os policiais não constataram nada no local da denúncia. Em seguida, receberam uma chamada para comparecer ao Hospital Regional, onde havia dado entrada um rapaz que havia sido baleado.
Em contato com os seguranças do HR, os policiais foram informados de que a vítima havia chegado à unidade de saúde depois de ter sido socorrida por um indivíduo que estava em um veículo que não foi identificado, sem mais detalhes, ainda conforme o BO.
Como o local em que a vítima foi baleada não foi identificado, não houve campo para a perícia.
A morte foi comunicada à Polícia Civil pela própria mãe do rapaz, por volta das 9h15.
A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) foi acionada para apurar o caso.

Justiça manda Ciop exonerar enfermeira 
responsável técnica da UPA


Sentença julgou procedente ação movida pelo MPE, em Presidente Prudente.
Situção de Marta Pereira Trevisanuto foi enquadrada na Lei da Ficha Limpa.

Gelson Netto e Heloise HamadaDo G1 Presidente Prudente
Marta Pereira Trevisanuto (Foto: Reprodução/TV Fronteira)Marta Pereira Trevisanuto (Foto: Reprodução/TV Fronteira)
O juiz da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Presidente Prudente, Darci Lopes Beraldo, julgou procedente uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) e determinou ao Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista (Ciop) a exoneração da funcionária Marta Pereira Trevisanuto do cargo de livre nomeação que ocupa como enfermeira responsável técnica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no Conjunto Habitacional Ana Jacinta.
Na sentença, o magistrado deu um prazo de cinco dias ao Ciop, após a intimação, para o cumprimento da decisão, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.
Na ação, o MPE pediu à Justiça a exoneração de Marta Pereira Trevisanuto com base na chamada Lei da Ficha Limpa Municipal. A argumentação da Promotoria é de que ela não pode exercer cargo de livre nomeação por ter sofrido condenação em processo criminal, com sentença transitado em julgado, por crime de estelionato, tipificado no artigo 171 do Código Penal, combinado com o artigo 29 da mesma previsão legal – “quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este cominadas, na medida de sua culpabilidade”.
O MPE esclareceu que, ainda que não seja funcionária pública municipal, a enfermeira ocupa um cargo público de livre nomeação e é, portanto, alcançada pela Lei da Ficha Limpa Municipal.
De acordo com a decisão de Beraldo, Marta Pereira Trevisanuto manifestou-se, em sua contestação, pela improcedência da ação ajuizada pelo MPE. Ela informou que na sentença que a condenou pela conduta tipificada no artigo 171 do Código Penal não constaram efeitos extrapenais da condenação. Também sustentou que somente estão sujeitos à Lei da Ficha Limpa Municipal os servidores que integram as administrações direta e indireta, além dos membros do Conselho Tutelar do município. Outro argumento apresentado por Marta foi o de que a pena de perdimento nela tipificada deve restringir-se ao cargo ou à função exercida no momento da prática da conduta delitiva, o que não se configura nos autos, uma vez que o delito ocorreu no ano de 2007 e foi nomeada em 2016 e que o crime não foi praticado no exercício dessa função.
Já o Ciop também manifestou-se pela improcedência da ação do MPE. O órgão argumentou a inaplicabilidade da legislação municipal para disciplinar a relação jurídica mantida pelo Ciop com seus servidores. Também informou que editou uma resolução dispondo sobre o regime disciplinar de seus servidores, a qual não prevê a demissão de funcionário por condenação criminal superveniente, e que a sentença condenatória não abrangeu a perda do cargo público. Além disso, a entidade acrescentou que a unidade de saúde é do município, mas que a gestação dos serviços e do pessoal foi transferida para o Ciop, cabendo a ele regulamentar sua atuação.

PREFEITO E VICE-PREFEITO SÃO PRESOS EM PRESIDENTE BERNARDES

Segundo a Polícia Civil, ambos são acusados de coação de testemunhas.
Inquérito policial foi instaurado para investigar supostos crimes eleitorais.

Gelson NettoDo G1 Presidente Prudente
Luccas Inague Rodrigues foi eleito prefeito de Presidente Bernardes (Foto: Reprodução/Tribunal Superior Eleitoral)Luccas Inague Rodrigues foi eleito prefeito de Presidente Bernardes (Foto: Reprodução/Tribunal Superior Eleitoral)
A Polícia Civil prendeu na manhã deste sábado (10) o prefeito e o vice-prefeito eleitos de Presidente Bernardes, respectivamente, Luccas Inague Rodrigues (PP) e Reginaldo Luiz Ernesto Cardilo (PP). De acordo com o delegado Airton Roberto Guelfi, ambos são acusados de coação de testemunhas durante o transcorrer de um inquérito instaurado para investigar supostos crimes eleitorais na campanha municipal deste ano.
Guelfi explicou ao G1 que as prisões preventivas do prefeito e do vice-prefeito eleitos foram decretadas pela Justiça Eleitoral após representação feita pela Polícia Civil, que também contou com parecer favorável do Ministério Público.
Ainda segundo o delegado, ambos foram localizados em suas casas na cidade e levados à Delegacia de Presidente Bernardes para posterior remoção à Cadeia de Presidente Venceslau.
“Após as eleições, foi instaurado um inquérito policial, por requerimento do Ministério Público, para investigar supostos crimes eleitorais na cidade. No decorrer das investigações, testemunhas foram coagidas e, por isso, representamos pela prisão preventiva dos envolvidos, que ficarão à disposição da Justiça Eleitoral, sem prazo definido”, salientou Guelfi ao G1.
O delegado ressaltou que o inquérito policial que investiga supostos crimes eleitorais está em fase de finalização e deverá ser concluído na próxima semana. Na sequência, o conteúdo será disponibilizado à análise do Ministério Público e da Justiça Eleitoral.
A chapa formada por Luccas Inague Rodrigues, que é médico e tem 33 anos, e Reginaldo Luiz Ernesto Cardilo, comerciante, de 49 anos, venceu as eleições municipais deste ano para a Prefeitura de Presidente Bernardes com 3.932 votos, o equivalente a 47,96% dos válidos.
Outro lado
G1 não conseguiu contato com a defesa de Luccas Inague Rodrigues e Reginaldo Luiz Ernesto Cardilo.
Reginaldo Luiz Ernesto Cardilo foi eleito vice-prefeito de Presidente Bernardes (Foto: Reprodução/Tribunal Superior Eleitoral)Reginaldo Luiz Ernesto Cardilo foi eleito vice-prefeito de Presidente Bernardes (Foto: Reprodução/Tribunal Superior Eleitoral)
10/12/2016 11h00

PMR do Vale do Ivinhema reforça policiamento e fiscalização nas rodovias estaduais

*Luis Gustavo, Da Redação
Imagens: Luis Gustavo/Jornal da Nova

PMR realizará fiscalização nas rodovias estaduais que cortam o Vale do Ivinhema - Foto : Luis Gustavo/Jornal da Nova
A PMR (Polícia Militar Rodoviária) de Nova Andradina, como nos anos anteriores, irá reforçar a fiscalização nas rodovias neste fim de ano, essa medida é voltada para a prevenção e redução de acidentes de trânsito, que acontecem durante os feriados, períodos característicos pelo aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas estradas brasileiras. 

O foco do policiamento, é o combate de possíveis infrações como excesso de velocidade, consumo de bebida alcoólica ao volante e ultrapassagem indevida, além do rotineiro combate aos ilícitos, como tráfico de drogas, roubo e furto de veículos e foragidos da Justiça.

1º tenente Marcos, comandante da base operacional do Vale do Ivinhema - Foto: Luis Gustavo/Jornal da Nova
O tenente Marcos Bezerra da Silva, comandante da PMR da Base Operacional do Vale do Ivinhema, conta que o efetivo reforçado será direcionado aos pontos de maiores incidências de acidentes, na opinião dele, no fluxo de veículos de passeio que aumenta nesta época do ano, nem sempre os condutores tem experiência em rodovias, justamente onde os acidentes mais graves ocorrem. "Motoristas acostumados a dirigir na cidade, muitas vezes tem dificuldades em ultrapassagens quando saem em viagem, onde acabam forçando, não conseguem calcular o tempo, ou ultrapassam em local proibido, talvez pela falta do hábito de dirigir em rodovias, onde a velocidade é maior, e não há canteiro central”, explicou.

O tenente alerta ainda os condutores para que obedeçam as placas de sinalização, e verifiquem o uso do cinto de segurança, em si próprio e nos passageiros, além de ficarem atentos à nova lei que já esta em vigor, do uso obrigatório do farol baixo em rodovias, cujo seu descumprimento está sujeito à multa e pontos na CNH (Carteira Nacional Habilitação). *Jornal da Nova
Ações serão realizadas para redução de acidentes nas rodovias - Foto: Luis Gustavo/Jornal da Nova

PREVISÃO DO TEMPO
Atendendo a vários pedidos


Resultado de imagem para FOTOS NUVENS D E CHUVA
Foto sugestiva, principalmente às tardes.

O tempo vai continuar instável até o dia 17 de dezembro, exceto no dia 15. As chuvas serão mansas, como nesses dias que passaram. Os ventos fortes poderão antecipar e até participar das chuvas, como têm acontecido, mas não ha previsões de chuvas muitos fortes, raios e trovões. Isso é impossível prever. A temperatura continuará alta à tarde e amena á noite e ao amanhecer. Os índices de chuvas (pluviométricos) serão pequenos e não passarão dos 17 mm.
BOM DIA 

Padilha foi operador de pedido de Temer a Marcelo Odebrecht, diz revista

Presidente teria pedido R$ 10 milhões a empresário. Delação envolve alto escalão da política

*Da Redação
Imagens: Beto Barata-PR/Fotos Públicas

Valor foi pago em dinheiro a pessoas próximas a Temer, diz delator - Foto : Beto Barata-PR/Fotos Públicas
A temida delação da construtora Odebrecht começa a abalar as estruturas de Brasília, atingindo diretamente o presidente da República, Michel Temer. Matéria de capa da revista Veja desta semana traz o conteúdo da delação de Claudio Melo Filho, que se tornou delator do petrolão depois de trabalhar por doze anos como diretor de Relações Institucionais da Odebrecht.

De acordo com “Veja”, Temer pediu R$ 10 milhões diretamente ao dono da empresa, Marcelo Odebrecht, em 2014. Melo Filho teria dito que o valor foi pago, em dinheiro vivo, a pessoas da estrita confiança do presidente, como Eliseu Padilha, chefe da Casa Civil, e José Yunes, amigo há 50 anos de Temer e assessor especial do presidente.

Padilha, segundo a revista, era o operador de esquema. De acordo com o site Buzzfeed, Yunes teria recebido dinheiro vivo em seu escritório.

Ainda conforme “Veja”, Melo Filho afirma: “Para fazer chegar ao presidente Michel Temer os meus pleitos, eu me valia de Eliseu Padilha ou Moreira Franco, que o representavam. Essa era uma via de mão dupla, pois o atual Presidente da República também utilizava seus prepostos para atingir interesses pessoais, como no caso dos pagamentos que participei, operacionalizado via Eliseu Padilha”.

Em texto publicado no site da revista, a publicação promete apresentar na revista impressa a lista dos que, segundo Melo Filho, receberam propina da empreiteira. São deputados, senadores, ministros, ex-ministros e assessores da ex-presidente Dilma Rousseff. A clientela é suprapartidária.

Para provar o que disse, o delator teria apresentado e-mail, planilhas e extratos telefônicos. Uma das mensagens mostra Marcelo Odebrecht combinando os pagamentos a políticos  importantes. Eles estão identificados por valores e apelidos como “Justiça”, “Boca Mole”, “Caju”, “Índio”, “Caranguejo”, “Botafogo”.*Com R7

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

9 de dezembro de 2016 
Empresária oferece R$ 10 mil por celular perdido em Ilhabela
Segundo empresária, celular guarda imagens de memória da família. Entre elas, fotos e vídeos do pai, morto em agosto após um câncer
Resultado de imagem para Foto de celular de dez milr.
Postado por Jessica Silva
Uma empresária de Ilhabela  está oferecendo recompensa de R$ 10 mil para quem encontrar seu iPhone perdido. Ela acredita que o aparelho caiu na areia na região da praia do Engenho D'Água na tarde desta quinta-feira (8). Segundo Marcia Biroli, o celular guarda fotos de momentos importantes da família que não foram salvos em outros aparelhos.
Marcia relata que caminhava com o cachorro na praia quando perdeu o telefone. O celular estava com a tela quebrada, mas guardava imagens e vídeos do pai dela de 72 anos, que morreu vítima de câncer de pulmão em agosto deste ano.
“A recompensa não é pelo aparelho, já comprei um novo, mas pelo que ele tinha dentro. Eu não sabia salvar as fotos ou passar para um computador e a perda me levou tudo que tenho de lembrança do meu pai. Eu só quero as fotos, a pessoa nem precisa me devolver o aparelho. É uma tentativa desesperada de conseguir o que tenho do meu pai”, conta a empresária de 51 anos.
Marcia tentou rastrear o telefone, mas não conseguiu encontrar porque, no momento da perda, ele estava sem bateria. A família fez postagens nas redes sociais em busca do aparelho, um iPhone 6. Ela fez boletim de ocorrência na Polícia Civil, já que com o número IMEI - de registro do celular - é possível identificar, caso alguém já tenha encontrado.Além das fotos do pai, o celular ainda tem vídeos do sogro, que também faleceu neste ano, e imagens da festa que fez com a família para comemorar os 50 anos. Todas não estão salvas no sistema de nuvem do celular e não tem backup em outros aparelhos.
“Eu acredito na boa fé de quem encontrar o aparelho, quero recompensar quem tiver esse gesto de caridade 
9 de dezembro de 2016 
Em MS, condutor perde controle de Pajero após capotar e "voa" sobre poste
Cinco pessoas saem ilesas após Pajero Mitsubishi ‘subir’ em poste em Fátima do Sul
Postado por Jessica Silva
 
Foto: Vicentina Online
Cinco ocupantes de uma Pajero Mitsubishi, moradores em Dourados, e parentes de um empresário de Fátima do Sul, saíram ilesos após o veículo capotar e ‘subir’ num poste de energia elétrica.
O acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (08), por volta das 10 horas, na Linha do Barreirinho, próximo a casa ABC.

Foto: Vicentina Online
Vicentina Online